sexta-feira , 21 setembro 2018
Home / Notícias / Cidades / Ambulatório de Goianira sem UTI jovem aguarda transferência. E familiares pedem socorro ao descaso do poder público, que não investe em melhorias no único ambulatório médico do municipio.

Ambulatório de Goianira sem UTI jovem aguarda transferência. E familiares pedem socorro ao descaso do poder público, que não investe em melhorias no único ambulatório médico do municipio.

Capturardfd

 

Espero que chega ao conhecimento do prefeito Carlão ou da secretária de saúde Sônia Martins, O prefeito Carlão relatou em entrevista que não tinham o conhecimento sobre o caso das ambulância em péssimo estado de conservação, que ficou sabendo por causa da pergunta do repórter.
Corredores ambulatório superlotados, pacientes deitados nos chãos, nas macas, em péssimas condições de higiene e saúde: eis o duro retrato da realidade de Goianira na área da saúde. A falta de leitos, materiais e, principalmente, médicos são algumas das mazelas que a população enfrenta devido ao pouco investimento do poder público

Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. O prefeito deve investir mais no ambulatório, modernizando os com novos equipamentos, remédios e mais conforto, além de priorizar o padrão de qualidade.

Reportagem Ailton Magaiver

Veja Também

Demóstenes quer reduzir número de deputados, senadores e acabar com suplentes 

Fazendo cálculos na ponta do lápis, Demóstenes conclui que o Congresso Nacional custou no ano passado 10 bilhões de reais, enquanto as assembleias legislativas torraram mais de 10 bilhões de reais. "Esses valores são o triplo do governo investe na Polícia Federal e na Polícia Rodoviária Federal", assinala.

O post Demóstenes quer reduzir número de deputados, senadores e acabar com suplentes  apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *