sexta-feira , 22 março 2019
Home / Notícias / Cidades / ANTIGO CEMITÉRIO, UM NOVO CAPÍTULO DA MESMA E VELHA NOVELA

ANTIGO CEMITÉRIO, UM NOVO CAPÍTULO DA MESMA E VELHA NOVELA

CARLÃO GASTA MAIS DE R$ 100.000,00 EM OBRAS MIRABOLANTES NO ANTIGO CEMITÉRIO

Heráclito Aquino 

 

IMG_5270

Mesmo com o novo cemitério, Nova Goianira, precisando de pequenos reparos para voltar a funcionar o prefeito, Carlos Alberto Andrade oliveira, gasta mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) em obras (apelidada pela população de puxadinhos) no antigo cemitério na tentativa de ganhar tempo ou enrolar a população. “O Carlão brinca de ser prefeito gastando o nosso dinheiro em invenções mirabolantes nesse cemitério”, afirma vereador Professor Junior.

No local a prefeitura já derrubou muros, reduziu calçadas, invadiu uma parte do acostamento da GO 070, fez sepultamentos em corredores e em frente ao segundo portão de acesso de veículos e agora está construindo um ossário dentro da capela (local onde os funcionários faziam o seu descanso após o almoço).

Mesmo após a conclusão de todas essas obras o problema vai continuar, uma prova disso é que até o Ministério Publico da cidade liberou um documento no início deste ano no qual exigia a apresentação de outro cemitério. Na época a prefeitura chegou a divulgar outra área onde seria construído outro cemitério, no entanto a obra não saiu do papel até hoje. Como ele, o prefeito, conseguiu contornar o processo, nada mudou e a bagunça continua lá.

Segundo a estudante Patrícia de Castro, só em Goianira que isso acontece, pois ela já morou em varias cidades do estado e nunca havia presenciado algo assim. “Moro aqui há pouco mais de um ano e cada dia me surpreendo com os absurdos que vejo esse prefeito fazer com o dinheiro publico e ninguém faz nada. Meu pai votou no Dirley Correa e hoje diz que tem vergonha de ver como ele mudou. O Dirley parece o bobo da corte tentando defender o Carlão”, Desabafa a estudante.  

 Segundo o morador, Carlos Eduardo, a população de Goianira é contra essas invenções. “Eu sou contra e tenho certeza que todos da minha família também serão contra desenterrar minha mãe e acho uma falta de respeito com a gente”, Afirma Carlos.

Até a conclusão desta matéria não conseguimos uma resposta da prefeitura sobre esse assunto.

Veja Também

Rio Verde: cadê a municipalização da água e a redução das tarifas prefeito Paulo do Vale?

Hoje é 22 de março, Dia Mundial da Água.  

Ao lembrar a data, o G24H aproveita para cobrar do prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, a promessa de municipalizar a água e reduzir o preço das tarifas.

O post Rio Verde: cadê a municipalização da água e a redução das tarifas prefeito Paulo do Vale? apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *