sábado , 19 janeiro 2019
Home / Notícias / Goiás / Caça às bruxas: Caiado pede à Equipe de Transição informação sobre servidores faltosos

Caça às bruxas: Caiado pede à Equipe de Transição informação sobre servidores faltosos

Como já era esperado, o futuro governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) não tem a menor intenção de manter uma relação harmoniosa com os servidores públicos. É o que se extrai da lista de “perguntas certas” enviadas pela Equipe de Transição do demista para o Governo de Goiás. Entre as solicitações está a “relação de servidores absenteístas”.

Em outras palavras, Caiado quer saber quem são e onde estão trabalhando os servidores que “mais faltam ao trabalho”. Talvez a equipe de transição do senador não saiba – o que não seria nenhuma novidade – é que o Executivo há anos já controla a frequência de seus colaboradores efetivos, celetistas, temporários e comissionados, com regras claras para todos e estabelecidas no Estatuto do Servidor.

Por aí já se deduz que o governador eleito nem de longe pretende atacar o cerne do problema com a folha de pessoal, que tem na no déficit da Previdência o maior desafio a ser vencido. Caiado demonstra, isto sim, querer promover caça às bruxas e encontrar “motivos” para forçar a exoneração de funcionários. O velho “pede pra sair”.

O post Caça às bruxas: Caiado pede à Equipe de Transição informação sobre servidores faltosos apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Dá pra acreditar? Caiado diz em vídeo que secretária fez revolução na educação em poucos dias

No vídeo em que gravou para desejar "feliz ano letivo" para a rede de ensino, o governador Caiado teve a coragem de afirmar que em poucos dias, a secretária Fátima Gavioli "fez uma revolução na educação". Só pode ser brincadeira de péssimo gosto. Em menos de 20 dias, Caiado e ela fecharam escolas, centro culturais, reduziram carga horária de professores e ainda não pagaram o salário de dezembro. Isso é revolução???

O post Dá pra acreditar? Caiado diz em vídeo que secretária fez revolução na educação em poucos dias apareceu primeiro em Goiás 24 horas.