domingo , 16 dezembro 2018
Home / Esporte / Confira como foi o desempenho dos goianos no JUBs Maringá

Confira como foi o desempenho dos goianos no JUBs Maringá

O JUBs 2018 chegou ao fim e a participação goiana no evento foi encerrada. Com o término das disputas, Goiás alcançou o pódio duas vezes nesta edição dos Jogos Universitários Brasileiros, com duas aparições em 3º lugar. As medalhas vieram na modalidade Acadêmica e no vôlei feminino. O estado também obteve bons resultados no basquete e no atletismo.

Atletismo

Confira mais da modalidade!

Ao todo, cinco instituições de ensino superior do estado competiram na categoria: UFG, UEG, IFG, FAMA e a FUG. O melhor desempenho foi no atletismo paradesportivo, com a 5ª colocação da Universidade Estadual de Goiás em meio as 22 participantes.

Basquete

Goiás teve dois representantes: UniEvangélica, no masculino, e a UEG, no feminino. Utilizando a base do Vultures, que disputa o Goiano de Basquete, a universidade de Anápolis fechou sua participação em 6º lugar. As meninas da Universidade Federal de Goiás terminaram na 9º colocação em sua categoria.

E-sports

A Federação Goiana de Desporto Universitário foi bem nos esportes eletrônicos, que integram há pouco tempo o quadro do JUBs. No FIFA, Daniel Ferreira e Mariana Pereira conseguiram alçar o estado para a 5ª colocação geral na modalidade.

Veja mais sobre os esportes eletrônicos!

Passando para o League of Legends, a UFG Gray Eagles conseguiu melhorar seu desempenho em sua 2ª participação no evento. Ao fim, a equipe de Marcos Mathias conseguiu um honroso 6º lugar na competição.

Futsal

Com apenas a Universo representando os goianos na modalidade, Goiás conseguiu outra 6ª colocação no futsal feminino. A equipe jogou, no total, quatro partidas na competição, acumulando duas vitórias e duas derrotas.

Handebol

Dentre as 12 participantes no handebol feminino, a Estácio de Sá, com a base da Força Atlética, conquistou uma 8ª posição após vencer apenas uma partida em quatro disputadas na edição 2018 do JUBs.

Judô

Nas artes marciais, a Federação Goiana de Desporto Universitário (FGDU) não conseguiu um bom desempenho. No masculino, a entidade amargou uma 11ª colocação, enquanto no feminino a participação de Goiás foi encerrada na 15ª posição.

Natação

Tendo a UniEvangélica como grande força, Goiás acabou fechando a modalidade em 12º lugar. A instituição de ensino anapolina conseguiu, como melhor resultado, uma 9º posição na natação masculina dentre mais de 60 universidades.

Vôlei
A Unifan brilhou nas duas categorias: seja masculino ou feminino. O melhor desempenho da instituição veio com o 3º lugar das meninas, que conseguiram a medalha após vencerem a Unifor, do Ceará, por três sets a dois. No masculino, a universidade conseguiu uma 5ª colocação, utilizando um pouco da base do MonteCristo, time de voleibol de Goiânia.
No vôlei de praia, os representantes da PUC e da UFG não se saíram bem, acumulando um 9º lugar no masculino e um 13º no feminino no fechamento do JUBs 2018.

O post Confira como foi o desempenho dos goianos no JUBs Maringá apareceu primeiro em Esporte Goiano.

Veja Também

Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais

A Adial se acovardou e se enveredou pelo chamado peleguismo patronal na queda de braços com Ronaldo Caiado na questão dos incentivos fiscais.
Em vez de esclarecer e mostrar à sociedade a importância inquestionável e os benefícios efetivos da política de atração de indústrias para Goiás, a entidade se encolheu e perdeu a batalha da opinião pública.

O post Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais apareceu primeiro em Goiás 24 horas.