domingo , 24 março 2019
Home / Notícias / Goiás / Exclusivo: Adial pressiona Caiado a não aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, que fere de morte os incentivos fiscais

Exclusivo: Adial pressiona Caiado a não aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, que fere de morte os incentivos fiscais

No encontro que teve nesta sexta-feira (11) com Ronaldo Caiado (DEM), a direção da Adial Goiás pressionou o governador a desistir do pedido de adesão ao chamado Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Os empresários José Alves e Otávio Lage de Siqueira Filho alertaram Caiado para a reação do setor produtivo à medida, que fere de morte os incentivos fiscais do programa Produzir/Fomentar.

Os diretores da Adial disseram que as consequências da RRF para a economia goiana são imprevisíveis, direta e indiretamente, e que ele deve “refletir melhor” antes de dar prosseguimento ao pedido de intervenção federal nas contas públicas estaduais. Relataram que o clima atual, como resultado da revisão dos incentivos que vai injetar R$ 1 bilhão nos cofres do Tesouro Estadual, já é “péssimo” entre o empresariado.

A RRF é uma espécie de buraco negro tributário: obriga o Estado a esgotar todas as possibilidades de aumentar a arrecadação, revendo despesas, investimentos, aumentos, benefícios sociais e trabalhistas e incentivos fiscais para forçar o crescimento da arrecadação. No Rio de Janeiro, a experiência da RRF é considerada desastrosa mesmo diante do colapso das contas públicas como resultado da irresponsabilidade fiscal e da gestão corrupta de Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, ambos presos.

É preciso lembrar que a situação de Goiás é bem diferente, mas a cruzada de ódio de Caiado contra o legado do ex-governador Marconi Perillo não tira o governador do retrovisor. Ele prefere transformar o Estado em um Rio de Janeiro em vez de assumir suas responsabilidades e olhar para o futuro.

O post Exclusivo: Adial pressiona Caiado a não aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, que fere de morte os incentivos fiscais apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Asfalto “sonrisal” que Caiado postou no Instagram foi construído por Iris e ação de Caiado na Caixa inviabilizou recuperação

Neste domingo, o governador Caiado postou foto de um buraco na GO-060 e disse que era "asfalto sonrisal". A verdade é que esse asfalto foi construído por Iris Rezende entre 1983 e 86. No governo passado, a Agetop fez trabalho de manutenção nesta estrada, mas serviço foi paralisado a cerca de 20 Km de onde hoje está o buracão. Os serviços da Agetop foram paralisados porque Caiado, na época, inviabilizou o empréstimo do governo de Goiás com a Caixa, em Brasília.

O post Asfalto “sonrisal” que Caiado postou no Instagram foi construído por Iris e ação de Caiado na Caixa inviabilizou recuperação apareceu primeiro em Goiás 24 horas.