domingo , 16 dezembro 2018
Home / Esporte / Hélder despista sobre renovação com Vila Nova: “Não sei o que vai acontecer”

Hélder despista sobre renovação com Vila Nova: “Não sei o que vai acontecer”

Com o fim da temporada se aproximando, as negociações para contratações e renovações têm início. Uma das peças importantes no elenco colorado foi o lateral-esquerdo Hélder, emprestado pela Aparecidense para a disputa da Série B, que dividiu a titularidade com Gastón Filgueira ao longo da Segundona.

O jogador tem contrato com o Camaleão para o próximo ano e ainda não sabe seu futuro. Em entrevista ao Esporte Goiano, Hélder foi questionado sobre a possibilidade de permanência no OBA, se esquivou do assunto e disse estar focado na briga pelo acesso.

– Neste momento começam as contratações. São muitas ligações. Mas eu estou focado aqui. Faltam dois jogos. Não sei o que vai acontecer daqui para frente. Vou manter o foco nessas duas partidas, pois tenho certeza que temos capacidade de conseguir mais duas vitórias – afirmou.

Mais: Rafael Santos desabafa sobre erro em Londrina: “Sou humano”

Reconhecimento

Após a boa atuação colorada contra o Figueirense, os torcedores que foram ao Serra Dourada entoaram o canto de “eu acredito” depois do apito final. Na opinião de Hélder, o grito da torcida é um reconhecimento ao brio dos atletas.

– Não faltou garra, não faltou determinação. Desde o momento em que acabou o jogo do Brasil, um resultado que ninguém esperava, a gente trabalhou firme. O “eu acredito” é resultado do que fizemos dentro de campo – argumentou.

O post Hélder despista sobre renovação com Vila Nova: “Não sei o que vai acontecer” apareceu primeiro em Esporte Goiano.

Veja Também

Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais

A Adial se acovardou e se enveredou pelo chamado peleguismo patronal na queda de braços com Ronaldo Caiado na questão dos incentivos fiscais.
Em vez de esclarecer e mostrar à sociedade a importância inquestionável e os benefícios efetivos da política de atração de indústrias para Goiás, a entidade se encolheu e perdeu a batalha da opinião pública.

O post Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais apareceu primeiro em Goiás 24 horas.