domingo , 16 dezembro 2018
Home / Notícias / Goiás / Infiel punido: PROS notifica Tiãozinho Porto por não ter votado em Policarpo 

Infiel punido: PROS notifica Tiãozinho Porto por não ter votado em Policarpo 

A direção metropolitana do PROS aplicou uma reprimenda no vereador Tiãozinho Porto, filiado ao partido, pelo voto no candidato adversário ao seu correligionário Romário Policarpo na eleição para a presidência da Câmara de Goiânia. Tiãozinho foi um dos 11 vereadores que apoiaram a candidatura de Andrey Azeredo (MDB), substituída na última hora pela de Paulinho Graus (PDT) na inútil e última tentativa de evitar a derrota do prefeito Iris Rezende (MDB) na disputa pela mesa diretora do Legislativo.

Tiãozinho foi notificado por “descumprimento de orientação partidária”, em documento expedido pelo presidente do diretório metropolitano do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Rodrigo Melo. A conduta é considerada gravíssima, porque os comandos nacional e local deram orientação expressa para que os vereadores do partido votassem em Romário Policarpo, que venceu Andrey/Graus por 24 a 11.

Tiãozinho foi na onda do deputado estadual e vice-governador eleito Lincoln Tejota (PROS), que na quarta-feira disse desconhecer a vitória de Policarpo. É imaginável que Tiãozinho esteja ciente de que infidelidade partidária pode resultar e expulsão e, neste caso, em perda do mandato, que é do partido. Se ele sabia, correu um risco calculado?

O post Infiel punido: PROS notifica Tiãozinho Porto por não ter votado em Policarpo  apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais

A Adial se acovardou e se enveredou pelo chamado peleguismo patronal na queda de braços com Ronaldo Caiado na questão dos incentivos fiscais.
Em vez de esclarecer e mostrar à sociedade a importância inquestionável e os benefícios efetivos da política de atração de indústrias para Goiás, a entidade se encolheu e perdeu a batalha da opinião pública.

O post Peleguismo patronal da Adial provoca a maior derrota na história dos incentivos fiscais apareceu primeiro em Goiás 24 horas.