quarta-feira , 20 fevereiro 2019
Home / Notícias / Goiás / Justiça diz Marconi é vítima de montagem de Kajuru e determina remoção de propaganda ofensiva ao tucano

Justiça diz Marconi é vítima de montagem de Kajuru e determina remoção de propaganda ofensiva ao tucano

A Justiça Eleitoral determinou a imediata retirada do ar, pelo radialista Jorge Kajuru (PRP), de propaganda eleitoral ofensiva contra o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), candidato ao Senado pela Coligação Goiás Avança Mais. Na decisão, o juiz Juliano Taveira Bernardes acolheu os argumentos da defesa técnica do advogado Ismerim Medina e afirmou que Kajuru “montou” e “truncou” informações para ofender o tucano e enganar os eleitores.

“A propaganda exorbitou-se da disciplina legal e trabalhou com tipo de montagem e trucagem, certamente sem autorização da detentora dos direitos autorais da vinheta (a Rede Globo), em que se toma por empréstimo a conhecido trilha sonora alarmista da vinheta, para atrair a atenção do eleitor e dar maior visualização aos conteúdos a serem mostrados a seguir”, afirma o juiz, em referência à peça veiculada por Kajuru.

“Cuida-se, pois, de vinheta inserida em contexto inverídico, pois a fala do locutor William Bonner, que vem na propaganda logo após a vinheta, de fato não ocorrera durante o plantão, e sim, é fato notório, na programação normal do Jornal Nacional”, afirma o magistrado. “Em caso de desrespeito à medida judicial, os responsáveis incidirão em multa diária no valor de R$ 5 mil”, estabelece o juiz eleitoral.

O post Justiça diz Marconi é vítima de montagem de Kajuru e determina remoção de propaganda ofensiva ao tucano apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

(Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria

Crise sem precedentes na antiga Sefaz: por conta de insatisfação com a gestão atabalhoada e sem rumos da supersecretária da Economia, Cristiane Schmidt, mais de 60 auditores fiscais entraram com pedido de aposentadoria. Sem eles, a secretaria para. E o Estado entra no caos total.

O post (Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria apareceu primeiro em Goiás 24 horas.