quarta-feira , 20 fevereiro 2019
Home / Notícias / Goiás / Marconi não morreu politicamente: ex-governador é experiente e tem força para se reerguer

Marconi não morreu politicamente: ex-governador é experiente e tem força para se reerguer

O baque sofrido por Marconi Perillo neste 2018 é grande; não resta dúvida. Não conseguiu eleger José Eliton, ficou apenas em quinto-lugar na disputa pelo Senado e ainda teve prisão decretada numa Operação da Polícia Federal.

Marconi foi perseguido para ter sua carreira política enterrada de vez em Goiás. A operação na véspera das eleições e, depois, a decretação da prisão enquanto prestava depoimento na sede da PF foram táticas pensadas cuidadosamente para exterminar o ex-governador.

Mas, Marconi não está morto politicamente. Experiente, com grande rede de contatos e apoiadores, Marconi é capaz de encontrar forças para se reerguer. Neste contexto, o futuro governo de Ronaldo Caiado pode ser peça central. Se Caiado fizer uma administração ruim, Marconi pode voltar com o apelo dos eleitores, afinal de contas o maior salto de desenvolvimento econômico e de gestão de Goiás foi dado nas gestões de Marconi.

O momento é de resignação e balanço de todas as armadilhas que apareceram. Mas, Marconi, com certeza, já está pensando na reconstrução do seu capital político.

O post Marconi não morreu politicamente: ex-governador é experiente e tem força para se reerguer apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

(Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria

Crise sem precedentes na antiga Sefaz: por conta de insatisfação com a gestão atabalhoada e sem rumos da supersecretária da Economia, Cristiane Schmidt, mais de 60 auditores fiscais entraram com pedido de aposentadoria. Sem eles, a secretaria para. E o Estado entra no caos total.

O post (Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria apareceu primeiro em Goiás 24 horas.