quarta-feira , 20 fevereiro 2019
Home / Esporte / Mesmo contra pior mandante, Marcos espera jogo difícil para o Goiás

Mesmo contra pior mandante, Marcos espera jogo difícil para o Goiás

Titular incontestável do técnico Ney Franco, o goleiro Marcos, em entrevista coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (8), agradeceu pelo apoio que vem recebendo mesmo após as falhas dos últimos jogos.

“Fico feliz por ter o apoio do treinador, do grupo e do verdadeiro torcedor do Goiás. Isso me motiva cada vez mais para trabalhar e melhorar. É claro que, às vezes, as coisas não acontecem do jeito que a gente quer, mas temos de manter a cabeça no lugar e manter o foco para trabalhar e dar o melhor para o clube”, comentou.

Lucão dá pistas sobre possível renovação para o ano que vem!

Vindo de seis jogos sem vencer em casa, o Juventude, próximo adversário do esmeraldino na Série B, é o pior mandante da competição. Apesar do mau momento vivido do rival, Marcos espera um jogo difícil para o Verdão.

“Sabemos que é um jogo muito difícil. Eles precisando sair dessa situação incômoda e nós também precisamos da vitória. Vai ser um jogo bom. Respeitando a equipe deles, que também tem muita qualidade, mas vamos procurar dar o nosso melhor para sairmos de lá com o resultado positivo”, disse.

Com 80% de chances de acesso, Marcos diz que o clube está no caminho certo e espera que o acesso à elite seja conquistado o quanto antes.

“Temos, em sequência, dois jogos fora. Dois jogos muito difíceis. Não podemos vacilar e temos que somar o máximo de pontos possível. Vamos procurar dar nosso melhor nesses oito jogos que restam. São 80% de chance, mas não tem nada definido. Muita coisa pode acontecer nessas oito rodadas. Mas certeza que estamos no caminho certo”, finalizou.

Goiás e Juventude se enfrentam nesta sexta-feira (12), às 19h15, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O post Mesmo contra pior mandante, Marcos espera jogo difícil para o Goiás apareceu primeiro em Esporte Goiano.

Veja Também

(Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria

Crise sem precedentes na antiga Sefaz: por conta de insatisfação com a gestão atabalhoada e sem rumos da supersecretária da Economia, Cristiane Schmidt, mais de 60 auditores fiscais entraram com pedido de aposentadoria. Sem eles, a secretaria para. E o Estado entra no caos total.

O post (Exclusivo)Megacrise na antiga Sefaz: em protesto contra gestão atabalhoada da supersecretária, mais de 60 auditores fiscais entram com pedido de aposentadoria apareceu primeiro em Goiás 24 horas.