sexta-feira , 21 setembro 2018
Home / Notícias / Cidades / MUITO LIXO E ENTULHO NAS RUAS DO SETOR PADRE PELAGIO

MUITO LIXO E ENTULHO NAS RUAS DO SETOR PADRE PELAGIO

POPULAÇÃO PEDE LIMPEZA E RETIRADA DE LIXO E ENTULHO NO BAIRRO

Heráclito Aquino

IMG_20180508_112517023

Moradores do Setor Padre pelágio estão indignados com o excesso de material reciclável (lixo) que está invadindo a Rua 01, em frente ao reservatório de agua da região. O acúmulo de lixo dentro e fora da residência é enorme e a prefeitura não fiscaliza. A situação é preocupante devido à proliferação de insetos como o mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, do zika vírus, da febre amarela e da chikungunya.

As denúncias de lixo acumulado no bairro são grandes. Em algumas das casas a quantidade de insetos e répteis aumentou muito devido o acumulo de lixo. “Espero que a prefeitura resolva esse problema, pois tenho medo das doenças”, Diz moradoras que não quis ser identificada.

Carla da Silva afirma que seu filho está com feridas no corpo  devido às picadas de mosquito, e o excesso ratos que acabam invadindo sua residência. “É mosquito, barata, aranhas, rato. Só falta cobra aqui em casa. E eu já pedir ajuda da prefeitura e ninguém fez nada até hoje”, desabafa Carla.

Esperamos uma resposta da Prefeitura.

Veja Também

Ibope, que coloca Caiado na frente, anunciou vitória de Iris por 53% a 27% em 1998

4 de outubro de 1998: a poucas horas da eleição que sacramentou a surpreendente derrota do então senador Iris Rezende (MDB) naquela histórica eleição para governador, o instituto Ibope divulgou uma pesquisa que dizia que o emedebista se consagraria mais uma vez. Mais do que isso: com uma frente de 550 mil votos sobre a supresa daquele pleito, o então deputado federal Marconi Perillo (PSDB). É com esta nódoa nunca superada que o instituto voltou a divulgar pesquisas para o governo de Goiás.

O post Ibope, que coloca Caiado na frente, anunciou vitória de Iris por 53% a 27% em 1998 apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *