domingo , 24 março 2019
Home / Notícias / Goiás / Nomeação de Eurípedes José do Carmo na Agehab, irmão de suplente de Caiado no Senado, coroa governo de parentes e compadres

Nomeação de Eurípedes José do Carmo na Agehab, irmão de suplente de Caiado no Senado, coroa governo de parentes e compadres

A população de Goiás assiste a um festival de nomeação de parentes, amigos e compadres na administração estadual sem precedentes no Estado. A lista só aumenta e não para de surpreender. A escolha mais recente é do ex-prefeito de Bela Vista Eurípedes José do Carmo para a presidência da Agência Goiana da Habitação (Agehab), por óbvio um dos postos de comando mais disputados da gestão.

A nomeação não tem nenhuma relação com a aptidão para a função. Eurípedes é irmão do 1.º suplente de Caiado no Senado, Luiz Carlos do Carmo, e do poderosíssimo líder evangélico bispo Oídes José do Carmo, da Assembleia de Deus. Luiz Carlos já tomou posse do mandato no Senado e certamente terá em Eurípedes um porto seguro para seu provável projeto de reeleição em 2022.

O novo presidente da Agehab, aliás, não perdeu tempo. Ao ser anunciado presidente da autarquia, que movimenta dezenas de milhões de reais em recursos do Cheque Mais Moradia e do Minha Casa Minha Vida, Eurípedes disse aos jornalistas que “vai poder ajudar muito o irmão no Senado” atraindo recursos para o setor habitacional no Senado.

A nomeação de Eurípedes coroa o governo de parentes e compadres ainda em montagem por Ronaldo Caiado. Assustador.

O post Nomeação de Eurípedes José do Carmo na Agehab, irmão de suplente de Caiado no Senado, coroa governo de parentes e compadres apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Solução com ponte do Exército não é novidade: Marconi usou em Itaberaí (2011) e entregou ponte nova em 150 dias

A ação de chamar o Exército para erguer ponte provisória não é novidade. Assim como Caiado faz agora na GO-060, o ex-governador Marconi Perillo fez o mesmo em 2011, em Itaberaí, quando a GO-070 acabou sendo destruída pelas fortes chuvas. A diferença é que, na época, Marconi não enrolou e a construção da ponte provisória começou rapidamente e a estrutura definitiva ficou pronta em 150 dias.

O post Solução com ponte do Exército não é novidade: Marconi usou em Itaberaí (2011) e entregou ponte nova em 150 dias apareceu primeiro em Goiás 24 horas.