quarta-feira , 14 novembro 2018
Home / Notícias / Goiás / Para comentarista da CBN, Caiado tem de seguir política de Eliton para redução de mortes no trânsito

Para comentarista da CBN, Caiado tem de seguir política de Eliton para redução de mortes no trânsito

Apesar da dura derrota sofrida nas urnas nas eleições estaduais deste ano, as gestões de Marconi Perillo e José Eliton (ambos do PSDB) fincaram suas marcas na história administrativa e econômica de Goiás. O futuro governador Ronaldo Caiado (DEM) terá de prosseguir com muitas delas, ainda que para isso decida rebatizá-las.

O legado tucano se manifesta em obras e programas icônicos, como o Fica ou o Crer (para ficar em míseros dois exemplos), visíveis a todo momento, mas também surge de forma singela no dia a dia. O papa do trânsito em Goiás, Antenor Pinheiro – amado e odiado por sua posição dura contra os infratores – citou hoje em seu comentário vespertino na CBN Goiânia as ações e programas voltados para a redução de mortes no trânsito criado por Marconi em 2011.

Antenor sugeriu a Caiado que mantenha a política pública, que reúne ações educativas e preventivas, como a Balada Responsável, a conservação e melhoria da malha rodoviária estadual e o monitoramento de infrações. Somadas, essas ações reduziram em 40% o índice de acidentes com mortes nas rodovias duplicadas pelos governos Marconi, mostram dados do Detran. Ou sejam, 4 em cada dez vidas foram salvas.

A redução do número de mortes nas estradas foi decisiva para o crescimento de Goiás no Ranking Nacional de Competitividade neste ano. São Paulo, que tem umas das maiores malhas rodoviárias do país, estradas pedageadas e monitoradas 24 horas, ostenta o título de trânsito menos violento no Brasil. Assim são as verdadeiras políticas públicas. Chegam para ficar.

O post Para comentarista da CBN, Caiado tem de seguir política de Eliton para redução de mortes no trânsito apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Dr. Antônio toma bola nas costas, parte 2: preterido para a presidência da Assembleia e agora para Saúde

Desprestigiado na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa - desde que Caiado declarou apoio a Álvaro Guimarães (DEM), o deputado acaba de ser desprezado enquanto opção para Secretaria Estadual de Saúde. Consta a informação de que o governador escolheu a cardiologista Ludhmila Hajjar. 

O post Dr. Antônio toma bola nas costas, parte 2: preterido para a presidência da Assembleia e agora para Saúde apareceu primeiro em Goiás 24 horas.