sexta-feira , 20 julho 2018
Home / Notícias / Brasil / Polícia Civil desvenda morte do radialista Jefferson Pureza em Edealina

Polícia Civil desvenda morte do radialista Jefferson Pureza em Edealina

Polícia Civil desvenda morte do radialista Jefferson Pureza em Edealina

 

27657069_1602454259830869_5452733385752479207_n

Na manhã desta sexta-feira (9), a Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) realizou a Operação Nuntius, que desvendou a morte do radialista Jefferson Pureza Lopes. O crime aconteceu em janeiro deste ano, em Edealina, a 154 quilômetros de Goiânia. O delegado responsável pelo caso, Queops Barreto, revelou que o mandante do crime foi o vereador José Eduardo Alves da Silva, 39. O parlamentar, um intermediário e dois executores foram detidos.

27657567_1602454309830864_4022097118494608649_n
De acordo com a Polícia Civil, o caseiro Marcelo Rodrigues dos Santos, 39, foi quem intermediou o contato entre o vereador e dois jovens de Aragoiânia, que executaram o radialista. Leandro Cintra da Silva, 23, e um menor de 17 anos receberam R$ 5 mil e um revólver como pagamento pelo assassinato.

O delegado Queops Barreto aponta que a motivação para o crime foi política-passional.

 

As investigações da Polícia Civil apontaram que o vereador José Eduardo havia planejado a morte de Jefferson Pureza em janeiro de 2017. Mas, como alguém descobriu o plano, ele desistiu. Em dezembro, o parlamentar descobriu que a ex-esposa, recém-separada dele, estava em um relacionamento com o radialista, por isto voltou a encomendar a morte do comunicador.

27654946_1602454586497503_1166829212209202065_n 27657126_1602454423164186_4200645700212225287_n

José Eduardo confessou ao delegado que organizou as duas tentativas de homicídio contra Jefferson Pureza, mas que teria desistido de ambas. O intermediário Marcelo Rodrigues admitiu que colocou o parlamentar em contato com os executores. Os outros dois responsáveis pelo crime ainda não foram ouvidos pela Polícia Civil.

27751783_1602454476497514_6897876564313714795_n 27867277_1602454523164176_7082974552215299017_n 27867379_1602454546497507_1830940991417721303_n

No momento da prisão, Leandro Cintra foi flagrado com drogas em sua casa. Ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. A Polícia Civil tem 30 dias para concluir o inquérito. Os quatro homens estão presos temporariamente.

De Gerliézer Paulo

Veja Também

Goiás vacila, empata com o Santos e perde chance de ser líder no Brasileirão de Aspirantes

O Goiás desperdiçou uma chance de ouro de assumir a liderança do grupo A do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Nesta quinta-feira (19), o time esmeraldino saiu na frente, perdeu um pênalti e várias chances de gol e ficou no empate em 1 a 1 com o Santos no Olímpico, em jogo válido pela quarta rodada […]

O post Goiás vacila, empata com o Santos e perde chance de ser líder no Brasileirão de Aspirantes apareceu primeiro em Esporte Goiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *