domingo , 24 março 2019
Home / Notícias / Goiás / Reação ao calote de Caiado: Sindifisco protocola 4º  Mandado de Segurança com pedido de bloqueio de recursos para pagamento de dezembro

Reação ao calote de Caiado: Sindifisco protocola 4º  Mandado de Segurança com pedido de bloqueio de recursos para pagamento de dezembro

A reação das entidades de representação do funcionalismo estadual ao calote do governador Ronaldo Caiado (DEM) nos salários de dezembro segue ganhando força. Nesta sexta-feira (11), o Sindicato dos Funcionários do Fisco de Goiás (Sindifisco) protocolou o quarto Mandado de Segurança com pedido de bloqueio de R$ 60 milhões em recursos do Tesouro para a quitação dos vencimentos da categoria.

O Sindifisco afirma, no pedido, que ao contrário do que afirmam Caiado e a supersecretária da Fazenda, Cristiane Schmidt, há recursos em caixa suficientes para pagar a folha e lembra que o prazo legal estabelecido pela Constituição Estadual para quitação da folha terminou na quinta-feira, dia 10. Os R$ 60 milhões do pedido de bloqueio pagam, segundo o Sindifisco, seus 2 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas.

Os servidores do Fisco são os responsáveis pela execução da arrecadação e, segundo o sindicato da categoria, com os depósitos dos salários do Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Tribunais de Contas na quinta-feira, restam R$ 710 milhões pendentes de pagamento. Ainda segundo o Sindifisco, o Tesouro já esses recursos em caixa.

O post Reação ao calote de Caiado: Sindifisco protocola 4º  Mandado de Segurança com pedido de bloqueio de recursos para pagamento de dezembro apareceu primeiro em Goiás 24 horas.

Veja Também

Asfalto “sonrisal” que Caiado postou no Instagram foi construído por Iris e ação de Caiado na Caixa inviabilizou recuperação

Neste domingo, o governador Caiado postou foto de um buraco na GO-060 e disse que era "asfalto sonrisal". A verdade é que esse asfalto foi construído por Iris Rezende entre 1983 e 86. No governo passado, a Agetop fez trabalho de manutenção nesta estrada, mas serviço foi paralisado a cerca de 20 Km de onde hoje está o buracão. Os serviços da Agetop foram paralisados porque Caiado, na época, inviabilizou o empréstimo do governo de Goiás com a Caixa, em Brasília.

O post Asfalto “sonrisal” que Caiado postou no Instagram foi construído por Iris e ação de Caiado na Caixa inviabilizou recuperação apareceu primeiro em Goiás 24 horas.