quinta-feira , 25 abril 2019
Home / Cultura / Violência contra a mulher é tema de evento no Zoroastro Artiaga

Violência contra a mulher é tema de evento no Zoroastro Artiaga

O evento, que comemorou o Dia do Estudante, recebeu 160 alunos de escolas da rede pública

 

O Museu Zoroastro Artiaga (MUZA) realizou nessa sexta-feira, 17/8, uma manhã de  contação de histórias com a temática da violência contra a mulher para alunos do Ensino Médio, com idade entre 15 e 17 anos. Ministrada pela professora Edvânia Braz Teixeira Rodrigues, a contação comemorou o Dia do Estudante, celebrado em 11 de agosto, e teve a presença de 160 alunos do Colégio Estadual Deputado José de Assis, em Goiânia, e da Escola Municipal Pontal Sul, de Aparecida de Goiânia.  O MUZA é uma unidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce) e funciona na Praça Cívica, no Centro, em Goiânia.

O evento faz parte do projeto Ação Educativa do MUZA. A iniciativa promove no museu contações de histórias, aulas e oficinas. O Grupo Gwaya de Contadores de Histórias é composto majoritariamente por professores das redes públicas de ensino.

Veja Também

Efeito Caiado: Piracanjuba abriu a porteira para que outras empresas deixem Goiás e se transfiram para o DF

A transferência da Laticínios Piracanjuba para Brasília, medida já concretizada pela gigante de derivados de leite em função da política cortes de incentivos fiscais do governo Caiado, abriu a porteira para a ida de outras empresas instaladas em Goiás para Distrito Federal.

Dezenas de empresas estão em conversação avançada com o governo do DF, tendo como interlocutor o ex-deputado federal e ex-secretário da Fazenda de Goiás (e também de Brasília), o economista e consultor Valdivino Oliveira.

O post Efeito Caiado: Piracanjuba abriu a porteira para que outras empresas deixem Goiás e se transfiram para o DF apareceu primeiro em Goiás 24 horas.